Deserto o Prémio Bang!

0
209

A primeira edición do prémio Bang! de Literatura Fantástica, destinada a galardoar cun prémio monetário e mais a publicación na colección Bang! da editorial portuguesa Saída de Emergência unha novela inédita na área do fantástico, rematou sen que houber vencedor nin mencións de honra.

«O júri do Prémio Bang! decidiu não entregar o prémio de 2008. A razão deve-se ao facto de nenhuma das quase cem submissões reunir condições para ser galardoada. Para a editora Saída de Emergência este anúncio acaba por ser uma desilusão polvilhada de brio. Se, por um lado, era importante estrear o prémio com uma obra de qualidade que engrandecesse o género em geral e a literatura fantástica portuguesa em particular, por outro, o critério exigente do júri deixa-nos satisfeitos. Revela um prémio sério, criado para coroar obras de qualidade superior e que não premeia algo menor apenas para poder anunciar um vencedor.

Um ponto a deixar bem claro: não consideramos que a primeira edição do prémio tenha sido uma experiência falhada, muito pelo contrário. Apesar de preferimos não desprestigiar a colecção e a editora galardoando uma obra inferior, a verdade é que muito se pode aprender desta primeira experiência. E, sejamos honestos, várias das submissões facilmente encontrariam editoras nacionais que as publicassem nas suas colecções de fantástico. Mas isso já terá a ver com a exigência do critério editorial. Por fim, aproveitamos para anunciar que estamos neste momento a decidir se o Prémio Bang! para literatura fantástica vai ser anual ou bienal. Mal haja novidades, serão os primeiros a saber!».